Uma questão honesta aos participantes da Consulta Nacional da Fraternidade Teológica Latino-Americana

Posted on junho 14, 2012

14


Norma Braga escreveu um artigo-denúncia sobre o que rolou na Consulta Nacional da Fraternidade Teológica Latino-Americana. O artigo não foi baseado em suposições, mas em relatos e posts dos próprios participantes do evento. Se você não sabe do que estou falando (ou mesmo se sabe), sugiro que dê uma lida lá no artigo da Norma e depois volte aqui.

Resumão da obra: a galera fez uma “ceia do Senhor” – mais pra “ceia da FTL”. Substituiu o pão e o vinho por limão e doce de leite, porque estes representam o amargo e o doce da vida. O gesto pode parecer bonito, mas é o total abandono do mandamento de Jesus quanto à ceia, e do significado deste sacramento.

O foco da discussão no post da Norma é a influência esquerdista-liberal e a dissolução de uma perspectiva bíblica do cristianismo. Ela está correta. Mas quero trabalhar outra questão. Aqui está a imagem da Consulta Nacional, e eu peço que você veja com cuidado os nomes dos palestrantes em destaque, e das instituições que apóiam tal consulta.

Não quero acusar precipitadamente, mas levantar a questão:

Senhores Ariovaldo Ramos, Any Ribeiro, Carlinhos Veiga, Carlos Queiroz, Clemir Fernandes, Christian Gillis, Harley Abrantes, Jorge Barro, Júlio Zabatiero, Lucy Luz, Odja Barros, Rafael Vaillant, Ricardo Barbosa, Sílvia Nogueira e Welinton Pereira: não nos deixem na dúvida e sejam honestos. Pedimos coragem para exercer a liderança que vocês pretendem: vocês concordam com esta prática? Concordam que a ceia do Senhor seja substituída por outro ato simbólico?

Editora Ultimato e Visão Mundial, vocês concordam com tal prática? Concordam com o que foi realizado ali, e descrito por Alex Fajardo:

“Encerramento da Consulta da Fraternidade com a Ceia celebrada pelo Carlinhos Queiroz e Silvia Nogueira. Compartilhamos o amargo e o doce da vida simbolizados pelo limão e doce de leite. Vida e comunhão é muito mais que “elementos e rituais”. Fundada em 1970 a Fraternidade Teológica Latino Americana é um espaço de amizade, não apenas de teólogos, mas de gente que pensa a teologia da vida por outras áreas do conhecimento, para uma criação de uma teologia latino-americana. Mas antes do labor teológico, a labuta da vida é compartilhada, lágrimas enxugadas e caminhada com os amigos … ops, ahh é isso que é a teologia verdadeira ….” ?

Concordam mesmo com isso?

Não tenho poder nenhum, e nem relevância no grande quadro teológico brasileiro, mas gostaria de respostas públicas e honestas destes homens. E encorajo cada cristão a fazer essas perguntas via e-mail, facebook, twitter e pessoalmente. Isto será de grande ajuda para termos clareza e conhecermos quem está à frente de iniciativas como esta.

Ao mesmo tempo, não me iludo. O discurso não-ortodoxo (declaradamente liberal ou não) é essencialmente vago, e de certo modo estou acostumado a ouvir pessoas envolvidas com a Fraternidade Teológica Latino-americana usarem uma linguagem confusa para esconderem a realidade de que abandonaram o cristianismo bíblico.

De todo modo, um movimento de cristão pedindo clareza destes homens, mulheres e instituições pode ser bastante útil para demarcar o compromisso com a Escritura, e para desmascarar líderes que aparecem como cristãos fiéis e, no fim das contas, trabalham para o afastamento das Escrituras.

Não pretendo afirmar que qualquer destes homens, mulheres e instituições seja perverso. Entendo que, se não todos, muitos são bem intencionados. Ainda assim, não basta boa intenção. Só a fidelidade bíblica define nossa caminhada em comunhão. Que tais pessoas apresentem o que crêem, sem meias palavras.

Recorte da página do facebook

About these ads