Direitos autorais presbiterianos (5)

Posted on outubro 15, 2008

0


4. O Pr. batista Robert Selph (1995, pp.11-12), ao falar sobre os batistas do sul dos EUA, diz:

Contudo, existe uma herança doutrinária da Convenção Batista que muitos batistas não estão cientes. A verdade central dessa herança doutrinária, que tem sido “descentralizada” com a passagem dos anos, é a doutrina da eleição incondicional. Este ensino não era meramente uma questão secundária com que os estudantes de seminários gastavam momentos não-essenciais de debate trivial. Esta verdade da eleição incondicional era o fundamento, o coração e o eixo central de toda verdade bíblica. Esta doutrina era, para os batistas, a espinha dorsal da pregação do evangelho e do empenho missionário.

Comento:

Eis uma declaração ousada, que faria os nossos “batistões” se arrepiarem da cabeça aos sapatos. O pr. batista Robert Selph não apenas reconhece a ligação entre batistas e o pensamento reformado, mas afirma em claras letras ser a doutrina da eleição um dos pontos fundamentais entre os batistas do sul dos Estados Unidos.

Na obra do Pr. Selph, há outras citações de vários líderes batistas que consideravam a eleição como ponto importante na sua forma de crer e viver a fé. As citações extensivas demonstram a fé daqueles homens, e atestam que o calvinismo no contexto dos batistas não era algo exclusivo da convenção do Sul dos EUA, mas estava espalhado pelo mundo inteiro.

Livro citado neste post:
Os batistas e a doutrina da eleição – Robert B. Selph, Fiel.
Posted in: Uncategorized