Notas de rodapé dignas de serem lidas como texto principal

Posted on maio 18, 2010

0


Combater injustiças sociais é uma atividade permanente do homem sobre a Terra. É uma “constante do espírito humano”, e não tem vínculo de dependência com qualquer filosofia em particular, muito menos com uma determinada teoria da História. Os profetas de Israel já se dedicavam a isso quando Karl Marx não existia sequer como projeto de espermatozóide. As pessoas imbuídas de idealismo social militante não têm porque se sentir órfãs com a queda do marxismo, do mesmíssimo modo que o cisne da fábula estava profundamente anganado ao se sentir órfão quando abandonado pelos patos e galinhas.

Olavo de Carvalho, no texto Contra os Intelocratas, publicado no livro O imbecil coletivo I: atualidades inculturais brasileiras, 6. ed., p.208
Marcado: ,
Posted in: a Caneta